Make Falsificada

By | 15:02


Já é um assunto batido né? Mas ainda tem muita gente que não tem consciência do tamanho do problema.
Eu vejo tantas promoções de batons Mac por R$ 25,00, e até R$ 50,00 falsificados... Base, paleta de sombras, e até cola Duo.
Gente, quer comprar um pincel falsificado? Eu até nem acho que tenha tanto problema assim, mas uma cola de cílios? Colocar nos olhos?
Fico indignada com isso..

Li um post no blog a Gata Pintada e achei muito legal, estou compartilhando por ser a mesma opinião que a minha, o post é longo mas vale a pena ler:

Esse é um post muito sério.

Nele vou dissertar sobre um crime, muito comum e inclusive tolerado pela maioria das consumidoras de cosméticos, que é o comércio de produtos falsificados. As famosas “réplicas”.

Para início desta conversa, gostaria de deixar bem claro que comercializar produtos falsificados é crime, passível de punição prevista pelas leis, tanto na esfera civil como criminal.

Utilizar um cosmético falsificado pode causar sérios danos à saúde e à estética da pessoa que os utiliza. Cosméticos falsificados não são fiscalizados ou controlados por autoridades de saúde e órgãos regulamentadores. O seu conteúdo é um mistério, e a análise de produtos falsos apreendidos levam a ciência da existência de grandes concentrações de produtos tóxicos, nocivos à saúde na sua composição, como chumbo e cobre em quantidades perigosíssimas e muito além das permitidas por lei, e até mesmo arsênico, cádmio, mercúrio e bactérias!!!! Um verdadeiro coquetel de veneno!!!

As investigações a respeito daqueles que fabricam esse tipo de produto mostram ligações dos mesmos com o tráfico de drogas e outras atividades criminosas… Será que essas pessoas têm algum cuidado com a vida e a saúde dos outros??? Alguma ética?

Usar uma maquiagem falsificada não é como usar uma bolsa ou um tênis pirata… É na verdade a mesma coisa que utilizar um medicamento falsificado, a verdade é que você pode adoecer utilizando tais produtos, pois a sua pele absorve e seu corpo acumula as substâncias nocivas presentes no produto falso. O usuário pode apresentar desde reações de irritação e descamação da pele, reações alérgicas severas, e intoxicação grave por componentes presentes nestes produtos, com danos também ao coração, sistema nervoso, fígado e rins!!!

A qualidade desses produtos está muito longe de ser a mesma das marcas verdadeiras, que tem rigoroso controle de fabricação. Adquirir um desses produtos denominados “réplicas” conscientemente é uma tremenda estupidez. Qualquer preço cobrado pelas réplicas é muuuito maior do que o valor real do produto… Usar o produto coloca sua saúde em risco, revender essas porcarias a transforma em uma criminosa também… Ou seja, comprar “réplicas” de maquiagem, ou seja, produtos falsificados e não sujeitos a regulamentações dos órgãos de saúde, é a mesma coisa que jogar dinheiro fora, ou queimar dinheiro.

Fiz uma pesquisa extensa na internet para saber como identificar produtos falsificados e fiquei pasma. A quantidade de posts em blogs de maquiagem, em diversas línguas, e de matérias em revistas especializadas é enorme. A chance de comprar desavisadamente um produto falso é muito grande, especialmente on line… ( Que lástima…)

As marcas mais falsificadas são: MAC, que é a campeã absoluta; Benefit, vindo logo em seguida; e também está estourando o número de falsificações dos produtos Urban Decay. Mas encontrei diversos relatos de falsificações de produtos Clinique, Dior e Chanel também.

Procurei as dicas para reconhecer os produtos falsos, e foi aí que eu fiquei louca…
Algumas falsificações são grosseiras mesmo, e até meus gatinhos ou meu marido são capazes de perceber a diferença. Agora, há falsificações mais elaboradas, que requerem algum conhecimento por parte de quem as examina.

Às vezes, até as maquiadoras mais experientes tem alguma dificuldade para identificar os sinais de falsificação de um produto, de modo que nós consumidoras não especialistas teríamos uma dificuldade ainda maior, e cairíamos na armadilha dos criminosos que fabricam e comercializam essas porcarias.
Resolvi selecionar algumas dicas mais fáceis de assimilar e por em prática por consumidoras comuns como eu.

A primeiríssima é o bom senso. Bom senso sempre. Se um produto faz parte de uma edição limitada muito popular de uma marca famosa de tempos atrás, a possibilidade de estar ainda disponível para venda é baixíssima… Provavelmente o produto oferecido se trata de uma falsificação. Anúncios com mega descontos, diferença muito grande do valor de mercado do produto… dificilmente será o produto original… Venda de produtos sem a foto do mesmo ou com foto do site da marca no Ebay ou Mercado Livre… Acendam luzes de perigo, é tudo falso!!!!

Aliás, sites como Mercado Livre , Ebay e outros similares estão lotados de vendedores mal intencionados, vendendo inclusive caixas vazias de maquiagens famosas para falsários!!! Sério mesmo. Muito perigoso comprar assim. Por mais que possa parecer o vendedor idôneo e com boa reputação…

As compras on line sempre agregam riscos. Sites estrangeiros, inclusive famosos, mandam de Hong Kong (isso mesmo: da China) produtos falsificados para o mundo inteiro. Alguns desses sites são bem populares, e não dá para confiar 100%… O ideal mesmo é comprar de vendedores autorizados e licenciados pela marca, informação que pode ser obtida nos sites da própria marca.

A análise das embalagens, das informações contidas nas mesmas, do tipo de fonte usado no rótulo e da grafia do nome da marca são muito importantes na hora de identificar o produto falso. O inconveniente é que você vai precisar de um produto original para comparar… E isso nem sempre é possível… E aí mora o perigo… porque é grande a chance de você utilizar o produto algumas vezes antes de perceber que a qualidade do seu não bate com a das resenhas e blogs… Como saber??? Para quem nunca viu o produto, é bom, antes de usar entrar no site da marca e observar atentamente as fotos, e ir comparando na medida do possível, com zoom e fotos de diferentes ângulos. Procure sempre o número correspondente ao “batch code”, que é um número de lote, indicando qual a edição do produto ano e mês de fabricação. Nos produtos MAC, ele tem uma letra e dois números, como na ilustração abaixo.




Sinais de intoxicação por metais pesados podem ocorrer também após o uso desses produtos. São variados, podem incluir cansaço, dores musculares, formigamentos, vômitos, sangue na boca, no vômito ou nas fezes, ulceras na pele e paralisia dos membros em casos crônicos de intoxicação. Ao constatar quaisquer desses sintomas após o uso desses produtos “réplica” procure assistência médica imediatamente.

Intoxicação por metal pesado é coisa grave e difícil de tratar, e as complicações nos órgãos atingidos são severas, e em muitos casos as sequelas são permanentes, infelizmente…

A informação é o grande remédio! Pesquise, aprenda, se informe e se proteja!






Imagens  e créditos: google , http://www.pinkwomanfashion.com/





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial